A linguagem é algo essencial na vida do ser humano e a criança, desde pequena, já está inserida em um mundo letrado com placas, embalagens, nomes e marcas dos brinquedos, desenhos e palavras nos seus joguinhos. Assim como estimulamos a fala ou outras formas de comunicação, como os sinais, e mostramos no dia a dia a função de se comunicar e se expressar e a criança percebe e se interessa pela comunicação, ela também despertará o interesse pela escrita, mesmo sem estar alfabetizada. E a família pode também estimular de maneira lúdica e significativa este aprendizado, criando um ambiente favorável para despertar a curiosidade e o gosto por ler e escrever, sempre respeitando o ritmo e o interesse da criança.

Você é o melhor exemplo

Nossas atitudes têm muito mais valor do que nossa fala. Quanto mais a criança presenciar e vivenciar a leitura e a escrita com a família, mais interesse terá e mais sentido fará para ela o ato de ler e escrever. Faça listas, anote recados e receitas, escreva bilhetes e deixe que a criança participe desses momentos.

Leia com a criança

Quem lê com frequência melhora a escrita. Estimule e proporcione momentos de leitura em família, além de criar boas memórias, você incentivará o gosto da criança pela leitura.

Rotina e combinados

Já comentamos por aqui sobre a necessidade e os benefícios de uma rotina e como a criança se sente mais segura prevendo o que vai acontecer no seu dia. Inclua na rotina momentos prazerosos como ler antes de dormir, participar de momentos significativos de escrita, organizar um calendário semanal de atividades, com desenhos e palavras, fazer a lista do supermercado em conjunto ou sozinha (quando estiver escrevendo as primeiras palavras) entre outros. É natural que no início do processo ela rabisque, misture símbolos, letras e números e aos poucos vá evoluindo. O mais importante é que ela seja valorizada, independente se a palavra está escrita da maneira convencional ou não. 

 Os combinados também podem ser grandes aliados da aprendizagem da criança e das boas práticas na sua convivência familiar. Crie um ambiente em que a criança perceba que tem deveres a cumprir, assim como o restante da família. Vá incluindo tarefas que ela possa realizar, de acordo com a faixa etária.

Uma dica é escrever em um papel que fique exposto no quarto dela utilizando símbolos e desenhos juntamente com a frase sobre cada combinado. A criança habituada a seguir algumas regras, certamente compreenderá melhor que na escrita também seguimos regrinhas.

Uma outra dica é fazer um quadro de tarefas para a criança anotar suas atividades para organização do quarto onde poderá incluir outras tarefas e hábitos diários. Ela pode registrar o que conseguiu fazer e o que pode melhorar. Dá para plastificar e usar adesivos que possam ilustrar como está a realização das suas tarefas, ou fazer um x assim que concluir. Isto ajuda a criar um senso de responsabilidade na criança.

 Para baixar em PDF a tabela, clique aqui.

 Ambientes favoráveis

Você pode criar um cantinho especial para ler e escrever, com almofadas, livros à disposição, papel, lápis e caneta. Pode ser no próprio quarto da criança ou em outro lugar calmo da casa. Deixe os livros em uma altura que a criança possa alcançar com facilidade. E valorize a sua produção. Guarde bilhetinhos, desenhos e cartinhas com carinho. Aproveite os assuntos de interesse da criança para produções escritas, faça cartazes sobre personagens que ela curte, selecione imagens e escrevam coletivamente alguma curiosidade, que seja um momento prazeroso e descontraído. Depois deixe exposto por um tempo pela casa.

Organize o quarto da criança com a criança

Uma ótima oportunidade para estimular a autonomia da criança, a leitura e a escrita, é organizar o quarto com ela. Para os menores, peça ajuda para classificar os brinquedos por tipo e disponha alguns cestos ou caixinhas para ela guardar cada tipo. Cole uma etiqueta com nome e que preferencialmente tenha um símbolo ou desenho de referência e escolham onde ficará cada caixa. Existem alguns organizadores abertos que facilitam na hora de pegar ou guardar os brinquedos. 

Para os maiores organize os brinquedos por categorias que ele escolher, faça as etiquetas escritas, pedindo ajuda para escrever ou para ler etiquetas prontas. Juntos vocês podem organizar também as roupas, livros, materiais de arte, etc.

A Turma do Fritz dá uma forcinha com as etiquetas!

Disponibilizamos vários modelos de etiquetas para você imprimir e incentivar a alfabetização aí na sua casa. Confira no final do post. Nossas etiquetas trazem as palavras representadas também em sinais de LIBRAS para estimular o aprendizado infantil. Fizemos uma versão em branco também para você escrever outras categorias que tiver necessidade. Sugerimos escrever em caixa alta para facilitar a leitura para as crianças que já iniciaram o processo de alfabetização.  

Importante!

Mostre a função social da escrita. Mais do que somente colocar etiquetas e pedir para a criança identificar ou mesmo ler, é preciso envolvê-la em todo o processo e mostrar o significado daquela ação. Desta forma a criança perceberá a necessidade de melhorar a organização do seu quarto, e que a escrita ajudará a identificar o local escolhido para manter os seus brinquedos organizados e as suas tarefas em dia. 

Ressalte os combinados de manter o quarto organizado, do que precisa fazer todos os dias, uma vez por semana, por mês ou por ano para os maiores. Uma vez por semana ou por mês organize e limpe, juntamente com a criança, as caixas e os brinquedos. Uma vez por ano, separe os brinquedos que as crianças não utilizam mais para fazer doações, abrindo espaço para novos brinquedos, atualizando as etiquetas, se necessário. As crianças menores apresentam maior dificuldade para desapegar dos brinquedos, vá estimulando aos poucos e valorize a ação. Podem até escrever cartinhas para mandar junto com o brinquedo que será doado. 

Abaixo as etiquetas para você salvar e imprimir.

Segue algumas dicas para impressão e aplicação das etiquetas: 

As etiquetas já estão prontas para impressão. Você vai perceber que elas já têm um formato padrão. Algumas medem 15cm de largura x 7 cm de altura e outras (as que possuem palavras maiores) medem 20cm de largura x 7 cm de altura.

Caso você queira alterar o tamanho das etiquetas, você pode abrir o arquivo em um documento do Word ou Google Docs e diminuir ou aumentar um pouquinho de acordo com o espaço onde pretende aplicar.

Você pode imprimir essas etiquetas em papel adesivo e depois recortar ou então, pode imprimir em papel sulfite ou papel cartão, recortar e colar com fita adesiva. 

Caso opte por imprimir em papel sulfite, você pode ainda colar a etiqueta em uma cartolina, para deixá-la mais firme, antes de recortar e colar com a fita adesiva.


Etiquetas para organizar quarto infantil - Casinha
Etiquetas para organizar quarto infantil - Papelaria
Etiquetas para organizar quarto infantil - carrinhos.
Etiquetas para organizar quarto infantil - Lojinha
Etiquetas para organizar quarto infantil - Jogos

Já disponibilizamos no nosso blog o alfabeto em libras para você aprender.
Um vídeo animado do personagem Lipe ensinando, e também o alfabeto completo aqui.

Agora organiza tudo aí na sua casa e depois comenta com a gente como foi essa experiência. Poste uma fotinho da aplicação e marca a gente nas redes sociais: @turmadofritz – Instagram e Facebook.

E aí, curtiu essas dicas? Curta, comente, compartilhe e salve. Divulgue esse conteúdo para aqueles amigos que precisam de uma forcinha com a organização do quarto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *